Siga
Reforma sustentável
0
[views count="1" print="0"]

Tempo de leitura: 3min

Como realizar reformas sustentáveis

Especialistas têm buscado novas formas de realizar reformas que colaborem com o meio ambiente

Atualmente, o Brasil se encontra em um cenário muito promissor em relação a ações sustentáveis. O relatório Futuro do Crescimento, apresentado na Suíça durante o painel do Fórum Econômico Mundial, indica que o Brasil, apesar dos problemas com investimentos em novos projetos e combate às desigualdades, tem realizado um desempenho acima da média no que diz respeito à sustentabilidade. 

De acordo com a Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), cerca de 81% dos brasileiros adotam hábitos sustentáveis. Um aumento significante em comparação com o ano de 2022, que registrou 74%. Esse movimento evidencia a transformação na mentalidade do brasileiro em um crescente interesse por soluções que minimizem impactos ambientais e promovam a eficiência de recursos. 

Na busca por um futuro mais verde, o Brasil tem se destacado nos projetos sustentáveis com práticas que colaborem com o meio ambiente. Segundo o Green Building Council Brasil, em 2023 houve um aumento de 40% na construção de casas sustentáveis. Para além das construções, os projetos de reforma também estão incorporando soluções como a reutilização de materiais, eficiência energética, e tecnologias de captação e reuso de água.

Métodos sustentáveis

A necessidade de adaptar construções a novas exigências ambientais e de eficiência, bem como a crescente conscientização sobre os impactos das mudanças climáticas, impulsiona proprietários, arquitetos e construtores a adotar soluções que combinam inovação, economia e responsabilidade ambiental.

Eficiência energética

Casa na Fazenda Boa Vista com sistema de painéis solares

Entre as principais formas de colaborar com o meio ambiente durante uma reforma é utilizar o conceito de eficiência energética. Considerando o clima local, é possível aplicar métodos que irão melhorar o isolamento térmico, otimizar a ventilação natural e maximizar o uso da luz solar, reduzindo a necessidade de aquecimento, resfriamento e iluminação artificial. Além disso, a implementação de sistemas de energia renovável, como painéis solares, pode contribuir significativamente para a redução do consumo de eletricidade da rede, diminuindo a liberação de carbono da construção.

Pintura

A Grécia é um dos países que utiliza a pintura em cal.

A pintura com cal é uma técnica tradicional e sustentável, que remonta de séculos atrás e ainda é valorizada por suas diversas vantagens ambientais e estéticas. Esse estilo de pintura nasceu na Grécia e é um processo livre de substâncias tóxicas. Utilizada historicamente em construções ao redor do mundo, a pintura em cal está experimentando um renascimento nas práticas modernas de construção e reforma sustentáveis.

Tijolo ecológico 

Tijolos ecológicos – Foto: Agreste Saneamento / Divulgação

Feitos com materiais reciclados ou de menor impacto ambiental, os tijolos ecológicos são uma alternativa sustentável aos tijolos convencionais, oferecendo benefícios ambientais e econômicos. Esse tipo de tijolo é frequentemente produzido sem queima, economizando energia e reduzindo as emissões de gases de efeito estufa, sendo uma possibilidade que colabora com o meio ambiente.

Compartilhe

Facebook
LinkedIn
WhatsApp
Pinterest

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também

Adegas: um item indispensável para os amantes de vinhos ou uma peça decorativa?

0

São Fernando Golf Club: um dos campos mais tradicionais e desafiadores de São Paulo

0

Quando o campo de golfe é a extensão da sua casa

0

Férias de julho: a praia é sempre o melhor destino

0